Último Poema na Prainha

Estimadas amigas, estimados amigos!

Tudo bem?

Trago poema que escrevi no último ano da Faculdade (2008).

Na ocasião, estava para me formar e me despedir da Prainha (PUC/SP).

Resultado de imagem para prainha pucsp

Foto: PUC/SP

Último Poema na Prainha

Vou-me embora da Prainha
Para mares bravios
Onde não mais belas Sainhas
Facilmente encontrarei
Onde amigo do rei
Como aqui jamais serei
Saias vermelhas,
Saias verdes:
– umbiguinhos à mostra…
Somente aqui tanta magia
E poesia encontrarei.
Agora que parto, o que farei?
Nela me sentarei e as Sainhas admirarei…

Nicholas Merlone
sp. 2008.

Esse post foi publicado em Poemas e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s